FANDOM


Cherry Cake
Good Morning San Myshuno Capa S1 V2
Nome Cherry Cake
Escrito por QG
RosaMafalda17
Data de lançamento 22 de abril de 2017
Simsérie Good Morning San Myshuno
Classificação Classificação 14 anos 14 anos

Cronologia
Temporada
Capítulo Anterior Capítulo 7: New Girl
Próximo Capítulo Capítulo 9: Kind Of
Mudou-se

Propriedade

Good Morning San Myshuno - Capítulo 8: Cherry Cake é de propriedade de QG. A menos que a edição seja construtiva ou de poucos detalhes, peça permissão ao autor para editar a página.
Mudou-se

Propriedade

Good Morning San Myshuno - Capítulo 8: Cherry Cake é de propriedade de RosaMafalda17. A menos que a edição seja construtiva ou de poucos detalhes, peça permissão ao autor para editar a página.


Introdução

O oitavo capítulo de Good Morning San Myshuno foi escrito por QG e RosaMafalda17, e as fotos foram tiradas por RosaMafalda17.

Capítulo

Bloom e Amanda estavam no refeitório quando Mary aparece com seu rosto vermelho.

Good Morning San Myshuno - Capítulo 8 (1)

— Bloom: O que aconteceu?
— Mary: Chegaram alunos novos, e um deles... Bem...
— Amanda: Fala logo Mary...
— Mary: Ele foi minha paixão na infância. — Bloom: Vocês chegaram a se pegar algum vez?
— Amanda: Bloom!
— Bloom: Garota você ainda gosta dele?
— Mary: Não sei, acho que sim... Quando ele chegou, minha mão começou a soar, minhas bochechas ficaram quentes e fiquei tonta por um minuto.
— Amanda: Eu faria de tudo pra encontrar minha paixão da infância... Mas eu já namoro o Jeffrey.
— Bloom: Eu não... Sempre odiei minha infância. Tive sorte de vir para esta escola, cresci no pior estado de SimCountry, Oasis Springs, sempre sofri bullying na escola, ninguém nunca queria ficar perto de mim.

*FLASHBACK - INFÂNCIA DE BLOOM*

Good Morning San Myshuno - Capítulo 8 (2)

Na antiga escola de Bloom...

— Jenna Sassuci: Pessoal, eu vou fazer na minha casa, minha festinha de 9 anos, Martha Vhei e Olivia Espectro vão entregar os convites.
— A sala toda: Yaaaaay!

Martha Vhei e Olivia Espectro começam a entregar os convites para todos da sala, com exceção de Bloom.

Good Morning San Myshuno - Capítulo 8 (3)

No recreio...

Bloom vê todas as crianças da escola falando sobre a famosa festinha de 9 anos de Jenna Sassuci e decide ir até ela e perguntar por que não recebeu um convite.

— Bloom: Oi Jenna...
— Jenna: Oi.
— Bloom: Eu queria saber por que eu não recebi um convite da sua festa de 9 anos...
— Jenna: Simples, ninguém quer uma mini vadia gorda e solitária na MINHA festa, ninguém gosta de você, se enxerga garota, volta pro subúrbio.

Good Morning San Myshuno - Capítulo 8 (4)

Bloom se enche de raiva e ataca Jenna, puxando seu cabelo loiro e chutando sua barriga até uma professora aparecer e separar a briga. Bloom foi suspensa por 3 semanas, mas para sua alegria, a festa de Jenna foi um desastre.

*FIM DO FLASHBACK*

— Bloom: E no meu aniversário de 14 anos...

Bloom prende o choro.

— Amanda: Bloom, você está bem?

A porta do refeitório se abre, e os alunos novos entram, que são a Yatta, a paixão de Mary e um garoto magrelo e ruivo, que faz Bloom ficar pálida e começa a querer chorar.

Good Morning San Myshuno - Capítulo 8 (5)

— Bloom: Eu tenho que ir.

Bloom corre até o quarto e chora baixinho de baixo na coberta.

— Amanda: Deveríamos ir atrás dela?
— Mary: Deixa ela, eu vi que quando ela olhou para aquele menino magrelo quis chorar... Quem deve ser ele?
— Amanda: Pessoa boa ele não é, ouviu ela falando alguma coisa do aniversário de 14 anos dela? O que será que aconteceu?
— Mary: Não faço a menor ideia... Ele está vindo, ele está vindo...
— Amanda: Quem?

Mary faz um sinal para Amanda se calar.

— Tristan: Oi Mary, quanto tempo...
— Mary: O-Oi Tristan, como você veio parar aqui? — Tristan: Um homem me viu tocando piano no concerto da escola, quando fui chamado pra essa escola, Sarah ficou com muita raiva, ela queria vir para cá, mas pelo visto ela não tem o mesma talento que a gente.
— Amanda: Mary, acho melhor irmos ver a Bloom...
— Mary: Ok, tchau Tristan, a gente se vê.
— Tristan: Tchau...

Good Morning San Myshuno - Capítulo 8 (6)

Amanda abre a porta do quarto mas Bloom não está lá.

— Amanda: Onde ela poderá estar?

Mary olha pela janela e vê Bloom sentada no jardim chorando.

— Mary: Vamos lá.

Amanda e Mary vão até Bloom, suas mãos estão pingando suor e com seus olhos vermelhos de tanto chorar.

Good Morning San Myshuno - Capítulo 8 (7)

— Amanda: Bloom, fala com a gente... O que aconteceu?
— Mary: Quem era aquele garoto?
— Bloom: Foi meu primeiro namorado...
— Amanda: Sério? Você tem um gosto estranho...
— Bloom: Mas eu nunca amei ele...

*FLASHBACK - ADOLESCÊNCIA DE BLOOM*

— Nunno (ex de Bloom): Você não tem outra escolha... Se não aceitar, meu papai vai...
— Bloom: Vai o quê?
— Nunno: Estamos juntos agora, quer você queira ou não...

Good Morning San Myshuno - Capítulo 8 (8)

Nunno entra em um carro e vai embora. No caminho de volta para casa, Bloom sempre passa por um beco que é um atalho para sua casa. Ao virar para a entrada do beco ela vê dois homens brigando, e não consegue ver quem são, e apenas ouve as palavras "Dinheiro", "Drogas" e "Bolo de Cereja". Bloom decide não entrar no beco por medo e pega outro caminho.

Ao chegar em casa, Bloom toma um banho, faz seu dever de Simlish e joga um pouco em seu videogame, quando sua mãe chega com a testa sangrando.

— Bloom: Mãe??!! O que aconteceu??

A mãe de Bloom desmaia, Bloom vai correndo ao telefone e chama uma ambulância, ao chegar no hospital, e depois de várias horas, um médico chega até Bloom e seu pai que esta segurando o irmão mais novo de Bloom, Yíi.

Good Morning San Myshuno - Capítulo 8 (9)

— Médico Algés: Sinto muito informar Sr. Camargo, mas... Sua esposa faleceu, ela perdeu muito sangue, não pudemos fazer nada...

Bloom começa a chorar.

Good Morning San Myshuno - Capítulo 8 (10)

1 semana depois, na Escola de Bloom...

Bloom mal consegue prestar atenção na chata aula de Vielish, e fica imaginando sua provável vida futura, seu sonho de ser a violinista mais famosa do mundo. O pai de Bloom dissera que iria comprar um violino em seu aniversário de quatorze anos, e faltavam 5 dias.

Como o pai de Bloom vivia trabalhando, e a falta da mãe era tanta, alguns parentes de Bloom decidiram viver em sua casa. Entre eles estavam a avó e o avô de Bloom e seu tio Arlo.

O sinal para o fim da aula tocou, Bloom estava indo embora e decidiu passar no banheiro antes, e quando estava saindo, alguém de dentro puxa seu braço e seu cabelo azul até um Box. Nunno estava com uma cara de raiva, e coloca um pano com um estranho cheiro no nariz de Bloom a fazendo desmaiar. Enquanto estava desmaiada, Nunno abusou sexualmente de Bloom. Ela acorda no box com a cabeça doendo, e não há ninguém por perto, encontra sua calça no meio do banheiro, as bota e sai cerrando os punhos.

*Fim do Flashback*

— Amanda: Então você foi tchacatchacada enquanto estava desmaiada??
— Bloom: Shiu que eu ainda não acabei...

Good Morning San Myshuno - Capítulo 8 (11)

*FLASHBACK*

Good Morning San Myshuno - Capítulo 8 (12)

Um dia antes do aniversário...

Na aula de educação física, Bloom leva Nunno para o mato.

— Nunno: Gostou da última vez e quer mais?
— Bloom: Então foi você?!

Bloom pega um galho e bate na cabeça de Nunno, fazendo ele sangrar, mas Nunno ainda está de pé, mas tonto.

— Nunno: VAI SE ARREPENDER POR ISSO VADIA!
— Bloom: VAI ABUSAR DE MIM NOVAMENTE?? PODE VIR CUZÃO, VOCÊ NÃO PODE ME ATINGIR DE FORMA ALGUMA!!!
— Nunno: Digo apenas duas palavras: Cherry Cake...

Nunno desmaia e Bloom o coloca em cima de uma árvore e vai para casa, amanhã é o grande dia.

Good Morning San Myshuno - Capítulo 8 (13)

No dia do aniversário...

O aniversário de Bloom começou às 19:00, ela não acreditava, todos da escola estavam ali... Alguma coisa boa deveria estar acontecendo.

O pai de Bloom aparece com as mãos para trás e um largo sorriso.

— Pai de Bloom: Juntei um dinheiro e comprei isso para você. Abra.

Bloom rasga o papel e abre a caixa de seu presente. Era um violino de madeira clara com uma pequena mensagem escrita na varinha: "Enquanto você tocar com o coração, sempre estarei ao seu lado."

— Pai de Bloom: Também tenho outra surpresa...

O pai de Bloom dá um assobio, e das cortinas aparece um estranho homem calvo, com uma cara feliz e um copo cheio de brigadeiros, que era o diretor da melhor escola de artistas e estrelas de San Myshuno, Moltavo Chapman.

Good Morning San Myshuno - Capítulo 8 (14)

— Moltavo: É um prazer finalmente te conhecer Bloom, eu encontrei com seu pai em uma loja de instrumentos, perguntei se ele tocava, e ele disse que o violino era para a talentosa filha dele. Poderia tocar para mim? Se me impressionar, lhe darei uma bolsa de 100% na EAESM.

Bloom fica sem ar de tão feliz, e pega seu violino. Todos se sentam e Bloom toca graciosamente. No fim, todos a aplaudem, e Moltavo entrega a Bloom um papel escrito a data do começo das aulas, que é no ano que vem.

O pai de Bloom chama todos para cantar parabéns enquanto trazia um bolo. Bloom fica na frente do bolo, ao lado de seu pai, seu irmão Yíi e seus avós.

Good Morning San Myshuno - Capítulo 8 (15)

— Convidados: PARABÉNS PRA VOCÊ, NESSA DATA QUERIDA, MUITAS FELICIDADES, MUITOS ANOS DE VI...

Um tiro destrói a janela da casa de Bloom acertando a cabeça de seu pai que cai em cima do bolo, e seu sangue espalha por todo o chantilly o tornando vermelho, as pessoas entram em pânico, Bloom não chora, não desmaia, apenas fica ali parada até a ambulância chegar. Já no hospital um médico aparece.

— Médico Algés: Seu pai não sobreviveu à bala, ela perfurou seu cérebro, e morreu mais ou menos uns 5 minutos depois do acidente... Sinto muito Bloom, por que não vai no banheiro lavar seu rosto?

Bloom se levanta vai até o banheiro, quando abre a porta, e na parede a palavra "Cherry Cake" está escrita de Spray Vermelho.

Good Morning San Myshuno - Capítulo 8 (16)

Quando Bloom volta com o pânico em seu rosto, a polícia está conversando com os avós de Bloom, a viatura está logo na porta, dentro dela, o pai de Nunno com um sorriso maléfico. Bloom vai até os policiais e pergunta:

— Bloom: O que está acontecendo?
— Policial: Descobrimos quem é o assassino de seu pai. Pelo o que ele nos contou, seu pai lhe devia dinheiro por causa de drogas, vamos levar o assassino para a cadeia.
— Bloom: De que adianta? Vão soltá-lo logo logo...
— Policial: Ele foi sentenciado a morte por planta-vaca. E o filho dele vai para o reformatório.

Bloom sente alívio e tristeza ao mesmo tempo e Moltavo aparece.

— Moltavo: Bloom? Você quer mesmo ir para a escola? Você perdeu os seus pais em uma semana, não é melhor você ficar em casa?

Bloom abraça Moltavo chorando.

Good Morning San Myshuno - Capítulo 8 (17)

— Bloom: Me leva, por favor, me leva antes desse ano acabar. Não quero ver mais nenhuma morte da minha família na minha frente.

Moltavo assente com a cabeça. E com a permissão de seus avós, Moltavo leva Bloom para San Myshuno.

*FIM DO FLASHBACK*

Bloom começa a chorar.

— Amanda: Bloom...

Amanda e Mary abraçam Bloom.

Good Morning San Myshuno - Capítulo 8 (18)

— Bloom: Se não fosse meu pai, eu não estaria aqui, não ia conhecer essas amigas maravilhosas que eu tenho.
— Mary: Tenho certeza de que seu pai está em um lugar melhor agora...

Amanda olha para baixo do banco do pátio.

— Amanda: Que tal você tocar uma música em seu violino para nós?

Bloom pega o violino e toca uma música, a música que fez Bloom ir a San Myshuno, a música que fez tudo isso possível.

Good Morning San Myshuno - Capítulo 8 (19)
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.